05/08/2011

3 craques



O craque Cesar Lemos: Era um Palmeiras vs. Corinthians. Os palmeirenses ganhavam de 1 a 0, até que o adversário conseguiu empatar. No meio da confusão após o gol, César Lemos foi catimbar e acabou expulso. Sem hesitar, o palmeirense pegou a bola e foi com ela para o vestiário. Naquele momento, essa era a única bola disponível. A partida teve que ficar vários minutos interrompido.
Episódios como esse explicariam porque o craque César Lemos "virou" César Maluco. Segundo ele conta, o apelido lhe foi dado pelo famoso locutor esportivo Geraldo José de Almeida, que começou a chamá-lo assim quando no início dos anos 70 César passou a comemorar seus gols subindo nos alambrados e se misturando aos torcedores. Bastava se aproximar de um clássico para ele aparecer na imprensa fazendo provocações e prometendo gols. E na maioria das vezes ele cumpria a promessa, o que só aumentava o ódio das torcidas adversárias por ele. Além da personalidade marcante, que deu "tempero" à famosa Academia, César marcou época por sua habilidade em frente ao gol. Um dos melhores cetroavantes da história do futebol. Curiosamente, ele é de uma família de artilheiros. Seus irmãos são Caio Cambalhota e Luisinho "Tombo" Lemos. Aí é outra história!


O craque Paulo Cesar Lima "O CAJÚ INTELECTUAL" – PC, na época em que jogou pelo Botafogo, vivia em rodas com jornalistas e intelectuais como Luiz Carlos Barreto, Ibrahim Sued e Carlinhos Niemeyer (dono do Canal 100). Segundo ele era “o único boleiro aceito nessas rodas com artistas e intelectuais”. Era um jogador que divulgava as idéias do movimento Black Power e dos Panteras Negras, que pregavam igualdade entre negros e brancos, a cultura negra, e divulgavam as idéias dos grandes ídolos negros na época. Não foi à toa que PC recebeu o pai do reggae, Bob Marley, em uma de suas visitas ao Brasil. Em sua passagem pela França se tornou uma pessoa influente, freqüentava festas da alta sociedade, regadas a quantidades exorbitantes de bebida. Conheceu esportistas, empresários e designers que possibilitavam o que ele quisesse. Andava com belas mulheres, restaurantes, festas, passeios de iate e lancha. Hoje se tornou um sujeito livre destas coisas e cheio de vitórias.

O craque Edison Baraçal: Um sujeito que gosta de gente, um ser humano raro hoje em dia. Não só pela fotografia, mas pela ética, nobreza simples de ser e de um profissionalismo exuberante. Um homem completo no sentido da palavra, de amigos que o glorificam como eu e outros diriam o mesmo ou muito mais. Um craque da fotografia! De quebra um dia já jogou futebol e muito bem por sinal.
PS: Quem disse que uma mulher não pode falar de Futebol e Fotografia?! Falei ora!
Visite
http://baracal-press.blogspot.com/

9 comentários:

C@urosa disse...

Olá querida amiga, grandes lembranças do Cesar e do PC caju que jogou no meu Botafogo em tempos de glória,parabéns pela homenagem, muito bom!

forte abraço

C@urosa

EDUARDO POISL disse...

Oi querida amiga!!!
Mulher pode e deve falar de futebol sim, mais ai com certeza tem o dedo do Tossan rsssssss, conheço dois dos craques que tu fala na postagem uma conheço pelo futebol afinal foi campeão do mundo pelo Grêmio e outro conheço pelas belas fotos, mais se tu diz que já jogou bola acredito em você, muito boa a postagem.

Saudades de vocês beijos

tossan® disse...

A homenanagem mais bonita que eu já vi a um grande amigo. Fico orgulhoso destas pessoas que vivem ao meu lado graças a Deus. Beijo

Baraçal-press ® disse...

Bom dia In Natura, muito grato por esta homenagem a minha pessoa, pois fiquei emocionado, joguei futebol na Portuguesa Santista (Técnico Papa) e quando iria assinar meu contrato com o Atlético Mineiro (Técnico Antoninho Fernandes), sofri uma fratura que tive que dar adeus ao futebol, foi quando decidi ir para a fotografia, e cheguei a fotografar estes dois craques do futebol, por isso este carinho deles para comigo, inclusive o César Maluco lembrou de mim, abraço fique com Deus...

netuno artes disse...

Muito bom esse tipo de postagem, sempre devemos valorizar estes artistas do esporte,
bjs netunianos

ótima semana

EDUARDO POISL disse...

Feliz aniversário menina parabéns tudo de bom pra você.
Beijos

in natura disse...

Oi Eduardo, obrigado por ter lembrado do meu aniversário. Fico muito feliz por que você é especial.
Gostei das fotos e do poema diferente. Beijus

PC: É claro que Tossan ajudou, eu só consegui escrever sobre o carater do Baraçal, mesmo assim nem sabia que jogava bem futebol...Rs rs rsr...

Daniel disse...

Acompanho o blog do Tossan há algum tempo e através dele cheguei aqui.
Parabéns pelo blog. Gostei.

Voltarei mais vezes.

Daniel

Tadeu Ferreira Jr. disse...

Concordo em gênero, número e grau com a descrição do meu amigo Edison Baraçal. Esse é o cara!
Abraços,