12/01/2010

Janela

Pela janela
por descuido,
pessoas assistem
à cenas insólitas.
Pela janela
as alcoviteiras,
velhas e moças
fazem intrigas.
Pela janela
o movimento de pessoas
desempregadas
e afoitas engolem
os classificados.
Pela janela
a adolescência
se droga e se vicia.
Pela janela
a testemunha assiste
à assaltos, estupros
e sequestros.
Pela janela
os gemidos da mocinha
perdendo a hipocrisia.
Pela janela
além da paisagem, alguém
espera a própria morte.
(poema&photo por tossan)

http://klictossan.blogspot.com

13 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Tantas coisas acontecem pelas janelas...da minha prefiro só observar o mundo que cabe nela e tirar minhas fotos, rsss, de preferência da janela do ônibus.
Escreveste um belo poema, muito inteligente!
beijos menina, fica com Deus

EDUARDO POISL disse...

É verdade, tudo se vê da janela, se vê o que quer e o que não quer.
Lindo poema, como você falou la no meu blogger é para reflectir, ver em que janela vai querer ficar olhando, e o que olhar.

Beijos

meus instantes e momentos disse...

muito bom, parabens pelo blog.
Maurizio

as arteiras disse...

Olá, In Natura!
Pela janela tudo pode acontecer.
Entra o sol,
vem aquecer-me
com seus raios.
Entra a chuva,
vem molhar
o que aqui dentro está.
Antes sol e chuva
que o olho alheio
perder-se janela adentro.
Bjs!!!
As arteiras

Ed disse...

Perfeito este poema de Tossan. Forte! E com situações constragedoramente verdadeiras. E ali, ficam aqueles na janela, observando, às vezes, impassíveis. Excelente publicação. Beijos grandes.

myra disse...

ah, as janelas, que bom que tem, senao que faria eu sem elas! aqui sozinha!!! linda imagem, lindas palavras,
e como vcoe ve estou de volta depois que o meu computer esteve ruim, acho que sofre de frio como eu :)))
beijos

tossan disse...

Nesse caso não dava para escolher a janela era a única que tinha no momento em pleno jardim de concreto. Obrigado por usar o meu texto e minha foto no teu lindo blog. Beijo

myra disse...

como sempre , aqui estou e como ja comentei somente te mando muitos beijos

João Menéres disse...

Acho que melhor é difícil !
Foto e poema do TOSSAN !

E quem da rua olha para uma janela?

Um beijo.

myra disse...

a minha janela hoje esta fechada, chove entra agua, empurrada pelo vento!
obrigada pelas tuas palavras, beijos

Monalisa disse...

Puxa vida em quase todos os blogs que visito eu encontro Tossan, como poeta ou como fotógrafo. Eu também o esccolheria. Beijo

ju rigoni disse...

Força e ritmo notáveis.

Já ia saindo do blogue quando me deparei com mais esta preciosidade.

Poema certeiro.

Parabéns ao poeta!

Bjs e inté!

Le Vautour disse...

Escolher Tossan é escolher lindamente.
Delicioso o seu blog!
Abraços de duas asas!