12/01/2010

Desejo de Vencer

Venceria na vida a qualquer custo,
de qualquer jeito.
Os meios não importavam.
Seria respeitado,
admirado, aclamado.
Estudou todos os estudos,
trabalhou além de todos os limites,
arriscou planos e projetos,
e um dia, sentiu o sabor do desejo realizado.
Vencera na vida.
Vencera a vida.
Uma noite, ao chegar em casa,
cansado de tantos cansaços,
saboreou um chandon e,
pela primeira vez,
notou não haver ninguém
a lhe fazer um brinde.
Deitou a taça,
deitou o corpo
e fitou o vazio...
por Edmundo Colen

11 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

É o caso de se pensar o que significa vencer na vida. Para muitos será o "ter", para outros o "ser", cada escolha terá seu preço, sua renúncia...
Ótima escolha para refletir!
beijos, um lindo final de semana para vocês.

EDUARDO POISL disse...

Como disse a Sônia é um caso de se pensar e cada um faz a sua escolha, muito lindo.
Suas escolhas são sempre lindas e esta foi perfeita, parabéns.
Abraços

myra disse...

otimo poema!!!
temos que vencer a vida, seanoa è ela que vence....e quem sabe como...
beijos enormes e um bom fim de semana para voce,

as arteiras disse...

Olá, In Natura!
Lindo texto para refletir.
O que adianta conquistar tudo o que se quer. Se o mais importante, não se conquistou?

Tenha um lindo final de semana!!
Bjs!!
As arteiras

Ed disse...

Uau! Que surpresa tive ao chegar aqui. Obrigado pelo carinho da postagem. E olha só: surpresa maior foi a sua escolha. E como é diferente quando a gente lê o próprio poema em outra publicação. Parece que dá mais sentido do que quando a gente mesmo escreve e posta. Beijos grandes.

EDUARDO POISL disse...

Que a minha solidão me sirva de companhia,
que eu tenha coragem de me enfrentar,
que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir, como se
estivesse plena de tudo".

Clarice Lispector


Desejo um lindo domingo para você.
Abraços com todo meu carinho

tossan disse...

Ele conseguiu a parte do rei e agora vive isolado por ele mesmo. Belo poema do amigo Ed! Gostei da foto. Adoro vinho! Beijo

myra disse...

acho que vou ter que tomar muito vinho...e me embebedar, minha filha foi embora hoje e aqui chove e chove sem parar...
mas isto nao me impede de te mandar um grande beijo,

Baraçal-press ® disse...

É uma questão de caráter de cada um. Cobre os pés e descobre a cabeça, entende? Belo poema do Edmundo! Beijo

myra disse...

passei como sempre para ver se havia algo novo! gosto mto como vc. escreve, bem, saudades e beijos

EDUARDO POISL disse...

Vamos trabalhar em, quero ler mais poemas aqui so para ver as tuas fotos.
Abraços de saudades