14/08/2010

Relógio

Passa, tempo,
tic-tac Tic-tac,
passa, hora
Chega logo,
tic-tac Tic-tac,
e vai-te embora
Passa, tempo
Bem depressa
Não atrasa
Não demora
Que já estou
Muito cansado
Já perdi
Toda a alegria
De fazer
Meu tic-tac
Dia e noite
Noite e dia
Tic-tac Tic-tac
Dia e noite Noite e dia
Vinícius de Moraes
photo: in natura

9 comentários:

myra disse...

eu tbem gostaria que o tempo nao passase tao depressa como passou para mim...lindo
beijos

poetaeusou . . . disse...

*
o grande Vinícius
,
E eu contrapondo !
,
Relógio não marque as horas
Porque vou enlouquecer
Ela partirá para sempre
Quando amanhecer outra vez
No mais nos resta esta noite
Para viver nosso amor
E teu "tic-tac" me lembra
Minha irremediável dor
,
Lucho gatica
,
conchinhas floridas,
,
*

Sonia Schmorantz disse...

Comparecendo neste domingo, para ler, elogiar e dizer que está tudo muito bonito aqui!
Beijos menina, uma feliz semana

Ed disse...

Que delícia. O ritmo, as palavras corretas, a canção... Vinícius e Cecília: como conseguiam? Sensibilidade, delicadeza... com certeza! Bjos.

Bandys disse...

Vinicius de Moraes é um dos meus preferidos.
Não conhecia ese dele.

Beijos

tossan disse...

O poema é lindo e a foto é magnífica, mas o relógio é meu! Herança do meu avô. Beijo

Renata de Aragão Lopes disse...

AMEI relembrar essa canção!
De uma época
em que ainda havia
poesia em músicas infantis...

Um beijo,
Doce de Lira

Richard Mathenhauer disse...

Não foi Cecília Meireles quem disse que se inventaram o relógio para medir a felicidade?

Tictac...

A minha corre...

Parabéns pelo espaço. Estou a segui-lo.
ABraços,

sirlenesouza pedagoga disse...

Que legal recordar os poemas de Vinícius de Moraes, me lembra a infância, tic-tac,tic-tac,tic-tac...já foi o tempo...Sirlene