10/11/2010

Cais


Um dia você foi barco
E senti a chegada dele no meu cais
Chegou batendo as hélices nas minhas emoções
Foi encostando reluzente em minha alma
Alegrando os meus olhos com lindas imagens
Trazidas das suas viagens vida
Fez o cais balançar tremulando
Feito a vela em ventania
Senti medo do barco ancorar
E navegar por mim
Desconhecido mar levantei o cais
Guardei a vela emoção dentro do peito
E mergulhei na minha solidão
poema e foto por Paula Barros

***
foto de Eduardo Poisl

12 comentários:

as arteiras disse...

Olá, In Natura!

Desconhecido mar levantei o cais
Guardei a vela emoção dentro do peito.
E mergulhei na minha solidão.

Às vezes, diante do desconhecido entramos dentro de nossa ostra e lá ficamos quietinhos, até que tudo passe.
Bjs no coração!
As arteiras

Sandra disse...

COMEMORANDO 500 SEGUIDORES.. O PRESENTE TBÉM É SEU...
Conquistar amigos é conquistar a esperança de de ter encontrado mais uma vida, mais um amigo.
Estou muito feliz em ter você na CURIOSA. Dois anos se passaram e os amigos só foram chegando. Tenho certeza que esta irradiação de pensamento foram se firmando aos longos desse dias, DESSE TEMPO.
A conquista de NOVOS amigos não é muito fácil. mas graças a DEUS tenho este carinho especial e A graça de conuistar as pessoas. A HUMILDADE, a Honestidade e Sinceridade é que nos aproximaram. Quando o coração é tranparente,tudo fica super fácil.
Ser verdadeiro com o outro é um Dom. o Dom da Sabedoria.
Muito obrigada pelo seu carinho e amizade. Estou muito feliz em ter você fazendo parte dessa conquista.
Amigos são verdadeiros frutos que vamos semeando ao longos dos dias.
a conquista é como ostra que encontramos submersas e vamos conservando, e deixando ela com um valor imensuravel.
A amizade é como OURO de longe se vê, é um brilho sem fim...
Obrigado AMIGOS de diversos pontos do BRASIL, MUNDO...
Estou feliz em ter vc a meu lado.
Amigos para sempre é o que nós iremos ser, na primavera ou em qualquer das estações.
Você pode estar longe, muito longe. Mas por te amar sinto você bem pertinho de mim. Pois mora no lado esquerdo do peito:CORAÇÃO...
carinhosamente,
Sandra

myra disse...

belissima imagem para acompanhar as lindas palavras da Paula!!!
beijos , muitos

Ed disse...

Um poema apaixonado de Paula, ainda que termine em solidão, mas ela é tão necessária quanto o amor. Gostei muito. Bjos.

Celamar Maione disse...

O poema me tocou profundamente.
Adorei :"Chegou batendo as hélices nas minhas emoções"

Beijo

C@urosa disse...

Olá minha querida amiga, uma maravilha da amiga Paula Barros, bem acompanhado por bela imagem fotográfica. Adorei.

forte abraço

C@urosa

tossan® disse...

Ah a Paula, como eu gosto de tudo que ela fotografa e escreve...Ela usa a alma. Minha amiga especial! Beijo

Paula Barros disse...

É humanamente impossível não me emocionar.


Ó barco, ainda me emocionas
Somos barcos navegando por águas distantes
Os ventos que sopram nossas velas nos levam por mares distintos
Ainda és um barco que navega no rio das minhas entranhas
Provocando ondas de emoção
És sensibilidade transformada em brisa
És carinho afagando as velas dos sentimentos
És inesquecível barco
No meu mar ancoraste os teus olhos
Em trocas de sutilezas e gentilezas
Navegamos
Mesmo que distantes
E por sentires distintos
Ó barco, continuas navegante



Obrigada, obrigada! Muito me emocionou ser posta neste cais (blog) de tão lindo poemas e fotos. Ser tratada com este carinho e cuidado e ter uma foto de Eduardo junto a minha.

Me emocionar ao me ler, ao me relembrar...me relembrar na época do poema, me relembrar no Cais no Porto.

Obrigada. Um beijo carinhoso.

EDUARDO POISL disse...

Bom dia querida!!! Eu tinha visto sim, mais não quis comentar pq não havia nenhum comentário ainda, obrigado pelo carinho, ficou lindo e não pense bobagem sobre nossa amizade tenho você e o Tossan como grandes amigos e sinto muita saudades, eu estou trabalhando muito por isso não tenho comentado mais sempre posso estou por aqui e no blogger do amigo Tossan.
Obrigado por tudo, beijos

Armindo C. Alves disse...

Gostava de salientar a simplicidade, sentido de escolha, valor e gosto, revelados nas suas publicações.
Um local para visitar, respirar, sentir, ler, pensar e exercitar o espírito.

A Paula Barros é um valor. Basta ler os seus escritos. Ela dá vida e sentido ás coisas.

Abraço.

EDUARDO POISL disse...

Oi querida amiga!!!!
O capitão apaixonado esta no cais rsssssssss lindo este amor.
Beijos

Paula Barros disse...

Estou me relendo, e volto a ficar emocionada por estar aqui.

Entre o cais e o barco, muito mar de emoção.

Valeu!!