08/10/2012

Saudade



Coisa estranha esta saudade,
Não se vê, não se toca, mas esta ali...
Sinto saudades dos sonhos,
Dos planos mais loucos que já fiz...
Sinto saudade do que não existiu,
Mas queria que tivesse existido...
Parece que a saudade mora em mim,
Tanto, que se um dia parar de doer,
Vou então sentir saudade da saudade,
Deste suave sopro andarilho
Que eterniza as ausências....

5 comentários:

myra disse...

sim a palavra saudades é uma palavra de mil significados, as vezes é linda, as vezes da muita tristeza!
beijos amiga!

Sonia Schmorantz disse...

Obrigado pela publicação, saudades de vocês. Beijo

as arteiras disse...

Bom dia, In Natura!
Saudades do que foi bom viver e ver.
Saudades de alegrias,
tristezas.
Saudades, palavra infinita...
Bjs!!
Márcia

tossan® disse...

Nada será como antes, talvez melhor!
A poesia da Sônia é terrivelmente linda junto a foto. Feliz escolha. Beijo

Manoel Carlos Alves disse...

Passei, vi, li e gostei... Parabéns!!! Deixo meu convite para que você dê uma passadinha em meu blog e por gentileza, se gostar do conteúdo, vote para o "PRÊMIO TOP BLOG 2012", Clique em um dos selos "TOP 100" e já abre link para votar em meu blog... http://inkdesignerstampas.blogspot.com