15/11/2012

Vitrais


Poemas são como vitrais pintados! 
Se olharmos da praça para a igreja, 
Tudo é escuro e sombrio; 
E é assim que o Senhor Burguês os vê. 
Ficará agastado? — Que lhe preste!... 
E agastado fique toda a vida! 

Mas — vamos! — vinde vós cá para dentro, 
Saudai a sagrada capela! 
De repente tudo é claro de cores: 
Súbito brilham histórias e ornatos; 
Sente-se um presságio neste esplendor nobre; 
Isto, sim, que é pra vós, filhos de Deus! 
Edificai-vos, regalai os olhos! 

Johann Wolfgang von Goethe

5 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Linda imagem e texto! Saudades de vocês também, embora minha vida aqui tenha virado do avesso, as amizades continuam...
beijos

myra disse...

belllllllllllisssssssssssssssssima!!!!foto! beijos e saudades

Manoel Carlos Alves disse...

Passei para agradecer por sua visita e dizer que já estou seguindo o seu belo blog... Beijos

:.tossan® disse...

Mais uma foto minha ao lado de um poema clássico de Johann Wolfgang von Goethe muito bonito e profundo. (não conhecia) Obrigado. Beijo

Sonia Schmorantz disse...

Vim deixar meus votos para que 2013 seja um ano muito especial, marcado por grandes alegrias a todos. Que tenhamos saúde e muito trabalho, muitos amigos e um amor só nosso, que nossos pais e nossos filhos estejam sempre conosco e que retribuamos tudo isso com muita disposição para viver.
Um abraço