17/02/2013

Canção do dia de sempre




Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...


Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...


E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.


Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!


E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...
o0o

por Mario Quintana

6 comentários:

myra disse...

nao e possivel nao te nenhum comentario e tao lindo , tudo fotos e palavras!!!!!
beijosssssssssssssssssssssssssss

:.tossan© disse...

Wonderful! Gosto mesmo! Uma bela poesia. Bravo minha amiga! Beijo

Baraçal-press ® disse...

Parabéns pelas fotos da Eta, mais uma que vai se juntar ao nosso time e poesia de Mario Quinta, sem comentários.

VENTANA DE FOTO disse...

Um texto perfeito para suas belas fotografias.

Cumprimentos

http://ventanadefoto.blogspot.com.es/

Verinha Portella disse...

Boa noite!!


Texto maravilhoso...paisagem perfeita.
Amei
veraportella

Maria Adeladia disse...

As imagens, o poema...tudo magnífico!Parabéns pelo espaço.
Beijos e uma ótima semana em paz com Deus na sua vida!!!